Educação, Plano de Metas e desenvolvimentismo

Educação no Plano de Metas do governo JK, segundo Lucas Lopes (Presidente do BNDE, Ministro da Fazenda e secretário-executivo do Conselho do Desenvolvimento, responsável pela coordenação do Plano):

“Essa meta não existiu nem nos primeiros momentos, mas na véspera da
divulgação do plano, Clóvis Salgado, que era muito amigo nosso, amigo do
Juscelino, e havia sido escolhido Ministro da Educação, insistiu: ‘Não
é possível que não haja uma meta de educação!’ Nós respondemos:  ‘Então, Clóvis, escreva a meta de educação, porque estamos esgotados’. Não sabíamos o que fazer com a meta de educação, não tínhamos preparo para isso. E ele fez um trabalho literário, escreveu dois volumes de literatura.”

(Lucas Lopes, Memórias do desenvolvimento, Rio de Janeiro: Centro da Memória da Eletricidade no Brasil, 1991, p. 201).

Um comentário em “Educação, Plano de Metas e desenvolvimentismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s